Empresa júnior: formando os líderes do futuro

237
Compartilhar:
matéria_710x375px

Encontro no Litoral Sul de Pernambuco uniu jovens interessados em discutir temas como inovação e liderança.

Oitava edição de evento voltado para Empresas Juniores recebeu apoio de empresas e instituições de ensino.

Eventos corporativos costumam ser massivos e desgastantes, certo? Errado. Pelo menos se o evento em questão for o Encontro de Empresas Juniores de Pernambuco (EPEEJ), realizado em Porto de Galinhas, litoral sul pernambucano, nos últimos dias 11 a 14 de junho. Em sua oitava edição, a organização reuniu 127 congressistas, 27 empresas juniores e 11 federações de empresários juniores de todo o País. Em meio a um período delicado da economia brasileira, quem podia imaginar que jovens universitários poderiam estar tão motivados e confiantes para falar de inovação, empreendedorismo digital, economia criativa e liderança?

Um dos lemas do encontro reflete bem o entusiasmo dessa turma: “Uma vida sem causa é uma vida sem efeito”. Estas palavras demonstram uma visão de futuro, uma forte consciência do seu papel na sociedade e a busca incessante de novas possibilidades. Certamente, no EPEEJ estavam presentes futuros empresários de sucesso, lideranças políticas, advogados éticos, juízes. Jovens que, em breve, vão ocupar os cargos-chave da nossa nação.

“Não posso negar que aqueles quatro dias me encheram de orgulho, pois pude ver todos os anos de luta pela liberdade e democracia em nosso País dando frutos bem na minha frente. Estes jovens sonham alto, tão alto quanto o seu nível de compromisso em mudar o Brasil”, disse o CEO da Radar Executivo Business School, um dos apoiadores do evento, Jorge Menezes. Também contribuíram para a realização do encontro organizações como Luck Receptivo, Sebrae, Universidade Federal de Pernambuco, Blu Estúdio e Harmônica.

Com o sucesso desta edição, todos os participantes, sem exceção, já aguardam ansiosos para o próximo encontro. Quem disse que o futuro de uma nação está na sua juventude, certamente estaria ainda mais certo disso se constatasse o entusiasmo presente no EPEEJ. “Estes jovens são um suspiro de esperança para um país tão abalado por incontáveis escândalos de corrupção envolvendo políticos e empresários. Eles são os representantes de uma nova cultura empresarial que olha o Brasil com amor e não com sede de ganância”, resumiu Jorge Menezes.

Parceiros: