UMA REVOLUÇÃO NO JEITO DE APRENDER

UMA REVOLUÇÃO NO JEITO DE APRENDER

A desculpa da falta de tempo para estudar e investir na carreira está com os dias contados, estamos vivendo uma revolução na área de ensino que vai mudar completamente a nossa ideia sobre sala de aula e vai dar poder aos alunos para definirem a sua própria agenda de estudo, escolher seus horários de aula e quais são os locais mais convenientes para o seu aprendizado. Esta revolução é o ensino através das mídias digitais que envolvem videoaulas, tutoriais, mentores on-line, chats de debates, podcasts de aulas, animação e games.

Tudo isso com o único propósito de tornar a experiência do aprendizado algo interativo, colaborativo e envolvente onde o poder de decisão sobre o ritmo, o local das aulas e o tempo destinado ao desenvolvimento é definido pelo aluno e não pelo professor. Promover o aprendizado através destes canais digitais oferece aos executivos e as suas empresas uma ampla gama de possibilidades para manter o seu time conectado com as novas tendências, facilitando o contato com novas informações, multiplicando o conhecimento e ampliando o Capital Intelectual do negócio.

Hoje em dia a sala de aula está na palma das nossas mãos disfarçada de tablet e smartphone, o M-Learning ou Mobile Learning, está ocupando rapidamente a agenda dos grandes centros de ensino e chamando a atenção das empresas, que procuram atender a demanda dos seus executivos que precisam estar atualizados com as tendências dos negócios, com os mais recentes modelos de gestão e liderança e desejam estar constantemente sendo reciclados para acompanhar as novas técnicas de vendas, negociação, networking e tantas outras áreas que são chaves para o seu crescimento profissional e para os resultados da sua empresa.

A tecnologia tem buscado oferecer aos executivos recursos de ensino on-line que podem ser acessados no seu “tempo marginal”, ou seja, tempo ocioso entre um compromisso e outro da agenda que pode ser utilizado para o aprendizado e a reciclagem. São tempos de espera para entrar em reuniões com clientes, tempo de espera em aeroportos para embarcar, e mais recentemente com a possibilidade de acessar a internet em pleno voo, o tempo durante as viagens de avião que são constantes na agenda dos executivos. Todos estes espaços na agenda, agora podem ser usados para fazer cursos e treinamentos on-line.

Foi-se a época que fazer um curso a distância era sinônimo de falta de qualidade e limitações no aprendizado, hoje em dia, contamos com recursos cada vez mais avançados que fazem com que a educação a distância ocupe um espaço cada vez maior nos planos de desenvolvimento das áreas de gestão de talentos das empresas. Existe toda uma Cadeia Produtiva do Ensino que envolve empresas que possuem a tecnologia para produzir e transmitir as aulas em vídeo, empresas de games especializadas em jogos de negócios e professores que estão trabalhando incessantemente na pesquisa, desenvolvimento e produção de conteúdo de alta qualidade para atender as crescentes demandas de conhecimento das empresas. Contratar serviços com estes experts ajuda a empresa a evitar a Síndrome do Santo de Casa, muito comum quando as empresas tentam fazer treinamento usando soluções caseiras, e abre a cabeça dos executivos para novas abordagens e uma forma diferente de ver o negócio da empresa.

Cada executivo da empresa que fez o treinamento on-line individualmente, pode depois, compartilhar a sua experiência e suas conclusões através da intranet da empresa com outros executivos multiplicando cada vez as chances de surgirem novas ideias e insights que possam ajudar a otimizar os resultados e a solucionar os desafios da empresa. Este efeito multiplicador também é produto do uso intensivo da comunicação digital dentro das empresas, onde todos os colaboradores estão conectados 24 horas por dia com sua base, seja ela onde for não importa se a sede da empresa é em Singapura e você trabalha em São Paulo, ou se você faz o tipo Executivo Cigano que carrega o escritório em uma mochila, de qualquer ponto do planeta estamos interligados em rede. Este tipo de acesso on-line faz com que a percepção de tempo e espaço perca totalmente o seu sentido, hoje podemos estar aqui e ter aulas com um professor de Harvard através das plataformas mobiles em qualquer lugar e a qualquer hora, sem ao menos perceber, que aluno e professor, estão a milhares de quilômetros de distância e em fusos horários completamente diferentes.

As mudanças tecnológicas sempre andam alguns quilômetros à frente das mudanças de comportamento, pois mudar a tecnologia é hoje muito mais fácil do que mudar a cabeça do ser humano. No ensino on-line não é diferente, está nova tecnologia exige dos alunos uma mudança de postura quanto ao seu próprio aprendizado, agora os alunos estão no controle, e por conta disto precisam ter disciplina, organização, persistência e planejamento pessoal para poderem desfrutar de todos os benefícios que este novo modelo de ensino oferece. Sem uma mudança de comportamento, onde o aluno se veja como responsável pelo seu próprio crescimento, toda tecnologia embarcada no ensino on-line não dará os resultados esperados.

Hoje o aluno precisa ser autodidata, ser protagonista do seu próprio aprendizado e encarar a si mesmo como um pesquisador que vai buscar o conhecimento de que precisa onde quer que ele esteja. O aluno precisa ser um agente ativo no processo e não apenas um ouvinte passivo que absorve conceitos sem questionar ou buscar novas fontes de referência. Independência e autonomia tem um preço que precisa ser pago com a moeda da responsabilidade. O avanço da educação on-line através das mídias digitais possibilita ao aluno ter acesso aos melhores professores e especialistas em cada tema, mestres deste nível, tem uma agenda lotada e suas aulas presenciais são disputadas a tapa pelos alunos sendo transformadas em verdadeiros encontros do conhecimento.

Isso acontece, por que nas aulas presenciais, estes experts podem estar cara a cara com os alunos e podem compartilhar mais de perto a sua própria experiência pessoal adequando o tema abordado as características de cada plateia, o que não acontece no ensino on-line, porém, para quem não pode pagar ou não teve a excelente oportunidade de estar em sala de aula com um destes especialistas, o ensino a distância atende perfeitamente a necessidade de poder beber da fonte destes professores que são referência em suas áreas de ensino. Além disso, o nível de interação nas plataformas digitais está ficando cada vez mais amplo, o que pode compensar a falta da presença física do professor em sala de aula.

Estamos vivendo um momento diferente nas empresas hoje em dia, temos uma geração que começa a entrar nas empresas e precisa de experiência técnica, temos uma geração que está começando a assumir cargos de liderança e precisa entender de gente e temos uma geração de veteranos que precisam atualizar os seus conhecimentos e renovar os seus conceitos de negócio. Esta conjunção de fatores indica que teremos uma crescente demanda por treinamento profissional para os próximos anos, e que as plataformas de ensino digitais podem ser grandes aliadas para ajudar a acelerar o processo de aprendizagem destes profissionais, além de permitir a troca de informações e conhecimento entre as várias “tribos” que convivem dentro deste novo ambiente de negócio. Agora, de uma coisa podemos ter certeza, o mais importante não é o tipo de plataforma de ensino que você está buscando e sim a sua postura diante do processo de aprendizagem e do conhecimento.

Deixe um comentário